No Poo: explicando a técnica!

no-poo-capa

E ai pessoal, beleza? Dando continuidade à semana especial “cuidados com os cabelos”, segunda feira falando sobre Low Poo e hoje vamos falar do irmão mais velho e mais rígido dele: o No Poo!

Recomendo que vocês leiam o post sobre Low Poo aqui, para se situar sobre técnicas capilares de limpeza e entender melhor como funciona a dupla “Low Poo e No Poo“!

Assim como o Low Poo, o No Poo foi criado e disseminado com o intuito de ajudar as meninas cacheadas a cuidar dos seus cabelos de forma natural, se libertando do alisamento e tendo cachos macios e brilhosos sem gastar uma fortuna com isso!

Como o Low Poo, o No Poo foi popularizado apela cabeleireira norte americana Lorraine Massey, no seu livro Curly Girl e caiu nas graças de todos, virando queridinho não só das cacheadas, mas das onduladas, e das lisas também, se tornando um ótimo método de limpeza de cabelos também para a galera vegana e naturalista 🙂

No Poo significa Sem Shampoo! … SIM, SEM SHAMPOO! Nenhunzinho, nadinha, nem uma vez por mês!

MAS COMO ASSIM?

Assim: se você leu o post sobre Low Poo entendeu que é uma técnica que consiste em reduzir a agressão no fio de cabelo causada pelos agentes limpantes reduzindo o uso de sulfactantes fortes e trocando por agentes limpantes mais fracos e que pra reduzir esse uso de agentes limpantes você precisa cortar da dieta do seu cabelo todos os componentes que não são removidos por esses agentes limpantes fracos.

No No Poo a regra é cortar todos os agentes limpantes tradicionais, limpando o fio com água e um condicionador emoliente básico, sem nenhum tipo de silicone, seja ele insolúvel ou solúvel.

É essencial que você seja extremamente atencioso na escolha dos produtos que usa no cabelo para ambas as técnicas, pois, usar produtos que você não consegue remover pode causar um acúmulo perigoso, além de deixar os cabelos bem opacos, pesados e vai acabar achando que a técnica é ruim ou não serviu para você!

Na técnica de No Poo você pode usar qualquer produto que não contenha nenhum derivado de petróleo e nem nenhum silicone insolúvel, porém os silicones solúveis são completamente liberados, pois, como o próprio nome diz, são solúveis em água.

derivados-de-petroleo-proibidos-low-poo-no-poo-01silicones-insolúveis

Aí que entra a maior dificuldade, pois, a lista de silicones insolúveis é beeeem grande e pode complicar a cabeça de algumas pessoas e é nesse ponto que o grupo do Facebook se torna um aliado importante, pois, nele você encontra produtos já catalogados por outras pessoas e que comprovadamente são livres para o uso. Os grupos de Facebook sobre as técnicas são colaborativos, então você colabora para que o catálogo de produtos cresça, contando com a ajuda de outras pessoas que já estão há mais tempo na técnica.

NOTA: se um silicone insolúvel vier precedido do prefixo “PEG” ele se torna automaticamente solúvel em água! 😉

Cortar completamente os agentes limpantes permite que o fio faça uso de 100% da hidratação natural que o corpo produz, mas se engana que pensa que cabelos oleosos não podem aderir às técnicas, pois, a falta de agressão dos agentes limpantes tende a reduzir a produção de sebo do couro cabeludo e melhorar e muito seu relacionamento com o seu cabelo!

Só testando para saber 😉

Não usar shampoo tende a deixar o cabelo mais saudável, o que não significa que ele vai ficar lindo haha seu fio pode não se adaptar nunca, mas pelo pouco tempo em que fiz No Poo o meu cabelo ficou excelente, com muito brilho, macio e não desbotava absolutamente nada a cor.

Para as cacheadas e crespas é a melhor das duas técnicas, pois, fios cacheados e crespos tendem a ter pontas mais ressecadas, já que a oleosidade do couro cabeludo sente dificuldade em chegar nas pontas do fio; para as onduladas e lisas tem que testar pra saber!

A teoria do “ciclo sem fim” que eu cito no post sobre Low Poo é válida para ambas as técnicas, e o silicones insolúveis, apesar de bem mais leves do que os derivados de petróleo, também tendem a dar uma maquiada no fio.

E como se limpa o cabelo?

É ai que entra a maior sacada haha para limpar os cabelos de quem faz No Poo existe uma técnica chamada Co Wash, que é a lavagem com condicionador, porém não é todo condicionador. Para Co Wash é necessário um condicionador que não possuam nenhum derivado de petróleo, nenhum silicone insolúvel e nenhum silicone insolúvel, é o que chamamos de condicionador de base simples e dois ótimos exemplos deles são o Yamasterol e o Multy da Salon Line, tem resenha dos dois aqui e aqui.

“Os parabenos são liberados para ambas as técnicas, e conforme eu já disse anteriormente, algumas pessoas apenas preferem não usar devido o grande coeficiente de alergias que ele provoca em algumas pessoas mais sensíveis e devido a estudos ainda não conclusivos sobre a relação dele com alguns tipos de câncer. Não surte haha você com certeza usa ele há anos e nunca teve nada, pode ser que continue não tendo, ou pode ser que passe a ter. Nunca se sabe!”

Particularmente recomendo que você comece pelo Low Poo e migre para o No Poo após a adaptação, pois, o choque pro fio é menor e a chance de uma boa adaptação aumente, porém caso você queira radicalizar, tenha em mente que o tempo de adaptação pode ser mais longo do que o do Low Poo!

Recomendo novamente o grupo do Facebook “No/Low Poo para iniciantes”, para você que ser saber mais a respeito da técnica e de como iniciar ela! E caso tenha alguma dúvida, deixe nos comentários ou me mande um e-mail, que farei o possível para ajudar 😉

No post de sexta feita vou falar timtim por timtim sobre a técnica de limpeza que pode ser usada em ambas as técnicas: o Co Wash!

Me sigam no snapchat em decarvalhoaline, se inscrevam na barra lateral para receber as atualizações do blog diretinho no seu e-mail, em primeira mão e siga nas redes sociais também para receber as atualizações:

Facebook | Twitter | Instagram | Google Plus | Pinterest | YouTube

Beijos e até sexta feira!

Aline de Carvalho

Sempre amei falar, até descobrir que teclar era falar para lugares onde minha voz não chegava. Paulistana clássica, adoro um shopping, mas esqueço do tempo mesmo é nas livrarias. Vivo com fones nos ouvidos e um livro no nariz, perdida no meu mundinho particular e é ele que divido com vocês aqui, no Vinte e Poucos Anos.

11 Comments

  1. Bom dia. Estou tentando conhecer melhor as tecnicas para experimentar. E fiquei com uma dúvida no post. Primeiro vi que no no poo não pode nem silicone insolúvel e nem o solúvel. E depois vi que o solúvel é permitido por ser solúvel em água. Pode explicar melhor? Qual o correto? Obrigada desde ja.

    • Olá Jéssica. O No poo pode usar sim o solúvel, afinal é solúvel em água. O que não pode é usar silicone no co wash. Ou seja, vc pode usar condicionador com solúvel, creme de pentear, etc, mas pra lavar o condicionador de co wash não pode ter silicone algum 😉

  2. Admiro muito todas as técnicas e dicas incríveis que conseguimos ter acesso através da internet, Aline <3 . Eu tenho até vergonha de falar sobre mim, não cuido NADA dos meus cabelos, QUERO e PRECISO mudar isso…uma hidratação pelo menos de vez em quando, né? Qualquer coisa é melhor do que nada.

    O post esta super completo, não da pra acreditar que na informação que vc colocou em "NOTA"..vivendo e aprendendo, né?

    Beijos, Gabi <3

    • Gabiii mulher só apareceu metade do seu comentário pra mim kkkk agora que vi o restante haha

      Se o cabelo for virgem uma hidratação a cada 10 dias ou uma rápida de banho por semana e uma nutrição com óleo natural a cada 15 dias já faz milagre 😉

      Suuuper obrigada 🙂

      Beijão

Me conta o que você achou: