Não se sinta só!

A crônica dessa semana é sobre a sensação de solidão que vem se apoderando do mundo nas últimas décadas. Falei um pouco sobre isso na minha monografia, há 1 ano e meio atrás e resolvi colocar uma reflexão aqui para vocês, espero que gostem!

“Vivemos em em mundo onde está cada vez mais difícil ficar sozinho, onde há muita gente, em todo lugar, o tempo todo, mas onde cada vez mais nos sentimos solitários!

O confinamento dentro de nossos espaços, nossos pequenos apartamentos, nossos pequenos quartos, na quietude dos nossos âmagos, nos dão uma falsa sensação de segurança, um porto seguro onde tudo pode ser controlado por você e onde tudo acontecerá da forma prevista e caso não aconteça, basta apenas você rasgar essa página, deletar, deslogar e começar outra vez.

A internet, o anonimato, a crueldade e falta de amor ao próximo parecem nos levar para um abismo e há momentos em que você pode se pegar pensando onde foi que errou para chegar onde está? O que foi que fez para que o mundo chegasse a esse ponto?

Mas não se sinta só!

A tecnologia pode evoluir, a passos de gigante, principalmente para quem é da geração Y, que viu desde o K7 até o “iTunes”, mas as pequenas lições que a vida te ensina se mantém lá, firmes, fortes e inatingíveis! O conhecimento, principalmente sobre si, é algo que nunca se perde. Tire sempre o melhor de tudo o que vivencia!

Houve momentos em que faltaram forças, para mim, para você, para todo o mundo! Se conhece alguém que em nenhum momento pensou em desistir de alguma coisa, me apresente, pois, eu não conheço ninguém evoluído assim.

Não veja esse desejo como fraqueza, veja nele o momento para refletir sobre  tudo o que aconteceu na sua vida e para saber se esse desejo é um capricho do seu subconsciente ou se realmente é o momento de se auto-avaliar! Desistir de alguma coisa não significa que você é fraco, quando se desiste após uma avaliação sincera, significa que você possui sabedoria o bastante para saber o que não te faz mais bem. Significa se conhecer! Significa ser forte e ter poder sobre si!

Nunca se sinta só!

Nos momentos em que você mais precisar de alguém, naqueles em que sozinho você acredita que não terá todas as forças de que precisa para superar aquele momento, haverão sempre os amigos! Amigos esses que não te julgarão, e sim sempre dirão verdades, por mais dolorosas que sejam, pensando no melhor para você! Amigos impiedosos, mas que te sacudirão e te colocarão de volta no mundo, onde é o seu lugar!

E onde a internet entra nisso?

Eu já pensei que fosse impossível nascer, de uma conexão de banda larga, uma amizade verdadeira. Me enganei brutalmente, para minha alegria! Hoje, tenho 5 grandes amigas, com as quais falo todos os dias, com as quais falo sobre tudo, das quais tiro forças para rir de muitas coisas e para as quais sempre tento conseguir um motivo para sorrir e ser mais feliz. As conheci nesse mundão da internet, nesse lugar cruel e sem amizades verdadeiras, foi nele que encontrei 5 amigas de coração que levarei para sempre comigo, das quais já me alegro por suas vitórias e choro por seus momentos tristes e de quem eu tiro meu maior exemplo de que quem faz a internet é você! E só depende de você o que você vai levar consigo dela, e o que você vai simplesmente descartar e deixar a vida levar embora!

Aproveite sempre o melhor! E não se deixe abater por coisas bobas, pois, quem conhece de você é você mesmo!

Se ame acima de tudo! e jamais, jamais se sinta só!”

Um beijo super especial para as 5 lindas citadas no texto que são a Jessica Rocha, a Jessika Alves, a Angela Rocha, a Kelly Cristina e a Rafaela Viana!

Me sigam no snapchat em decarvalhoaline, se inscrevam na barra lateral para receber as atualizações do blog diretinho no seu e-mail em primeira mão e me sigam, também, nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Instagram | Google Plus | Pinterest | YouTube

E ai pessoal, que tal? Espero que tenham gostado, beijão!

Aline de Carvalho

Sempre amei falar, até descobrir que teclar era falar para lugares onde minha voz não chegava. Paulistana clássica, adoro um shopping, mas esqueço do tempo mesmo é nas livrarias. Vivo com fones nos ouvidos e um livro no nariz, perdida no meu mundinho particular e é ele que divido com vocês aqui, no Vinte e Poucos Anos.

4 Comments

  1. Sabe,
    Eu não costumo ficar falando isso porque as pessoas tendem a ficar com pena, com dó e eu detesto isso mas, eu não tenho amigos de verdade e isso se dá por conta de que tenho depressão e um dos piores tipos, a Distimia então eu sinto falta de ter amigos mas por vezes eu não quero ver ninguém, viu que difícil né…e minha família não faz o tipo amorosa dai que por vezes sinto como se não gostassem de mim e é inevitável sentir isso.
    Solidão as vezes é boa e outras não, nesse mundo virtual parece que ao invés de unir as pessoas está separando elas, hoje sabemos tudo de todos e sabe, é terrível isso, prefiro cartas, ver pessoalmente prefiro não saber de tudo porque as vezes isso é ruim, você vê mentiras, vê falsidade, vê maldade então as vezes não é bom, mas por outro lado a internet possibilitou muitas coisas então acho que o negócio é saber dosar, equilibrar a balança, parar o exagero de ficar no celular o tempo inteiro, temos que viver mais e ficar menos conectados, eu fico feliz quando consigo ficar dois dias longe do computador e celular sabe, falo que sai pra vida rsss
    Enfim,mais uma vez, muito bom o texto.
    Abraço grandeeeee
    Bjs

    • Eu tinha muita dificuldade em fazer amigos, sofri muito bullying na escola e isso me bloqueou muito!
      Mas fiz boas amigas na internet, para quem conto coisas que eu nem contava para as outras amigas que vejo mais pessoalmente!
      Acho legal essas amigas mais “virtuais do que físicas” pq me sinto mais confortável em escrever para elas coisas que talvez eu não falasse pessoalmente. Construímos uma boa relação ao longo desses últimos 3 anos e participamos de momentos importantes da vida umas das outras.

      Imagino como deve ser difícil, depressão é uma doença que não é levada muito a sério por amigos e familiares, no geral, mas que cria bloqueios enormes.
      Mesmo com o pensamento do que a internet pode ser um local ruim, se dê uma chance, de conhecer melhor alguém de algum grupo, interaja com esses grupos, juro que você vai se surpreender em como ainda existem pessoas de bom coração no mundo. Quem sabe você não encontra um correspondente virtual, para trocar emails, e nele encontra o melhor amigo que o mundo podia te dar?

      Eu não pego no celular de final de semana, não abro o face, só respondo família e coisas importantes via whatsapp, dosando senti que o fds dura mais, vivo mais rs

      Mais uma vez obrigada, muito bom saber que alguém leu meu texto e gostou do que leu!
      Beijão e volte sempre 😉

Me conta o que você achou: